Alimentação

É um animal que se alimenta de insetos, lagartos, ovos, filhotes de outras aves e, principalmente, frutos. Seu hábito alimentar é diurno. Costuma descer ao solo para aproveitar-se dos frutos que estejam caídos.

Reprodução

A reprodução ocorre no final da primavera e a fêmea bota de 4 a 6 ovos em ninhos localizados no alto dos troncos das árvores. O casal se reveza na tarefa de chocar os ovos, os quais eclodem entre 16 e 20 dias. Quando nascem, sua aparência é desproporcional; seu bico é grande e o corpo, pequeno; os olhos só abrem após três semanas e os pais cuidam de seus filhotes até eles saírem dos ninhos, o que ocorre em seis semanas. A coloração do bico só é definida meses após o nascimento.

Distribuição Geográfica

É encontrado nos dosséis das florestas tropicais da América do Sul, desde as Guianas até o norte da Argentina, e é o único tucano que pode ser encontrado em campos abertos, como o cerrado, e na Amazônia, ao contrário dos outros exemplares que vivem em mata fechada. Sua distribuição ocorre desde o Piauí, Goiás,Tocantins, Mato Grosso, Minas Gerais até o extremo norte do Rio Grande do Sul. No litoral, está presente desde o Rio de Janeiro até Santa Catarina.

Ameaçadas de Extinção

O tucano-toco ainda não é uma espécie ameaçada de extinção, entretanto tem sido capturado e traficado para outros países a fim de ser vendido em lojas de animais. Isto tem, como consequência, a diminuição de sua população nas florestas, pondo em risco a variabilidade genética, como também a morte de muitos animais durante o transporte. A perda e fragmentação de seu habitat são, sem dúvida, as principais ameaças à espécie no Brasil.

Veja também:
Mamíferos
Peixes
Répteis
Anfíbios
Insetos
Aves
Moluscos
Crustáceos
Plantas
0

Anta